Em 2018 Projeto RONDON retornará a Alagoas • RRCAC Contabilidade Pública

Em 2018 Projeto RONDON retornará a Alagoas

Rondon Alagoas

Em julho de 2018, o Ministério da Defesa planeja conduzir uma Operação do Projeto Rondon, em municípios do Estado de Alagoas. Para fazer apresentar e planejar as atividades, a Coordenação do Projeto participará da reunião com os prefeitos na Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), na próxima segunda-feira, dia 7, às 10h.

A operação deve contar com a participação de 410 rondonistas, entre professores e estudantes universitários de Instituições de Ensino Superior de todo o País. O objetivo é trazer benefícios duradouros às comunidades carentes e consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social coletiva.



O projeto contempla as áreas de cultura, direitos humanos e justiça, educação, saúde, comunicação, meio ambiente e tecnologia. Durante a reunião na AMA, o Gerente do Projeto Rondon no Ministério da Defesa, o Coronel Hidenobu Yatabe e o Coronel Nilton Diniz Rodrigues, Comandante do 59ª BMTZ, vão dar prosseguimento às tratativas para firmar uma futura parceria dos municípios pré-selecionados com o Ministério da Defesa.

Serviço:

Reunião AMA – Projeto Rondon

Local: auditório da AMA

Dia: 7 de agosto, segunda-feira

Hora: 10h

Atualização 07 de agosto 2017

No ano em que completa 50 anos, o Projeto Rondon, executado pelo Exército Brasileiro, volta a percorrer os municípios brasileiros em 2018 para superar a meta de 1.142 municípios em 24 estados, participação de 2.170 instituições de ensino superior, 21.436 rondonistas e 2 milhões de pessoas beneficiadas. Os números são pequenos diante da proposta de contribuir com o desenvolvimento local sustentável, construção e promoção da cidadania.

Em reunião com prefeitos na Associação Alagoana de Municípios- AMA-, o gerente do Rondon no Ministério da Defesa, o Coronel Hidenobu Yatabe apresentou o projeto e anunciou que as cidades alagoanas vão receber o projeto. Com base em um levantamento que leva em conta o índice do IDH, tamanho e necessidades logísticas, o Exército pré-selecionou as cidades de Anadia, Barra de Santo Antônio, Belém, Boca da Mata, Branquinha, Cacimbinhas, Cajueiro, Capela, Chã Preta, Coité do Nóia, Flexeiras, Jacuípe, Mar Vermelho, Maribondo, Messias, Murici, Paulo Jacinto, Quebrangulo, Santa luzia do Norte, Santana do Mundaú, São José da Laje, Satuba, Tanque d’Arca, Taquarana e Viçosa, mas outros municípios podem solicitar adesão.

O Projeto Rondon é executado com recursos do Ministério da Defesa em parceria com o município que precisa atender alguns itens como alojar e alimentar os rondonistas durante a permanência no município e disponibilizar o transporte necessário para a realização dos trabalhos no município.

FONTE: AMA
• Nossos Serviços •

Postagens Relacionadas
Comente esta postagem!
As opiniões expressas na área de comentários são exclusivamente de seus autores, e não necessariamente refletem a opinião do website “RRCAC” sobre o assunto.
Instagram @rrcac1
Instagram