União libera R$ 3,7 milhões para combate à seca em Alagoas • RRCAC Contabilidade Pública

União libera R$ 3,7 milhões para combate à seca em Alagoas

seca alagoasO Ministério da Integração Nacional autorizou na quinta-feira (13) a liberação de R$ 3,7 milhões para Alagoas. Os recursos serão empregados para adequações no sistema de abastecimento dos municípios de Piaçabuçu, Traipu, Pão de Açúcar, Delmiro Gouveia e Ibateguara. As ações beneficiarão 24 municípios da região.

Segundo o coordenador Estadual da Defesa Civil, Major Moisés Melo, serão implantadas cinco adutoras, além da realização de serviços de limpeza nos reservatórios e aquisição de equipamentos para o abastecimento da região que é de competência da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

“Esse recurso é justamente para corrigir a água salgada dessa região. Fazer essa limpeza. A liberação desses recursos tem a ver com a situação de emergência por conta da seca porque se a gente não limpar os mananciais e os locais de captação da Casal vai faltar água para abastecimento nessa região. Os pontos de captação de Traipu, Delmiro Gouveia, Ibateguara, são locais de captação da Casal e a gente tem que limpar para que continue se fazendo a captação porque hoje a Casal está com muita dificuldade”, explica.

Na portaria Nº 217, de 12 de abril o Ministério esclarece que o Estado terá um prazo de 180 dias para a execução das obras e serviços. Ao fim deste prazo, deverá ser feita a prestação de contas em até 30 dias. Os recursos só poderão ser empregados na execução dos serviços de abastecimento nestes municípios.

Desde março, quando a situação de emergência em Alagoas foi reconhecida pela União, a Defesa Civil Estadual aguarda o repasse de R$ 20 milhões solicitados para o combate à seca nos 77 municípios afetados pela crise hídrica. Segundo o Major Moisés Melo, os R$ 3,7 milhões liberados esta semana, não têm relação com o valor solicitado em março.

“Nós pedimos R$ 20 milhões para ajudar no período da estiagem nos municípios que tiveram a situação de emergência reconhecida pelo Governo Federal. Até agora não foi liberado, mas pode ser liberado a qualquer momento”, diz.



Volumes registrados estão na média

O período chuvoso já começou em Alagoas. Em algumas regiões a intensidade das chuvas pode amenizar os efeitos da seca e reduzir os valores que seriam disponibilizados pelo Governo Federal, é o que garante o coordenador da Defesa Civil Estadual.

“Pode haver mudança nesses valores por conta da chuva. Pode ser que precise menos do que esse valor. Mas vamos precisar ainda porque no Sertão, algumas obras estruturantes ainda estão em andamento e vão ser necessários recursos para carros-pipa em alguns municípios”, aponta o coordenador.

Segundo Melo, as chuvas já têm gerado resultados positivos em todo o Estado. “As chuvas já tem sido benéficas. Nesta quadra chuvosa esperamos que seja uma chuva melhor, um inverno melhor que o ano passado. Choveu em alguns locais. No Sertão está caindo chuva e esperamos que seja suficiente”.

O meteorologista de Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Vinícius Pinho esclarece que as chuvas registradas estão dentro da média. No entanto, em algumas regiões como Litoral e Zona da Mata, os volumes são mais significativos.

“A chuva começou principalmente durante a madrugada e se concentrou no Litoral, Região Metropolitana e Zona da Mata. No Sertão, a situação continua crítica. Pode ocorrer algumas chuvas fracas, mas não suficientes para acúmulo. Durante a sexta-feira ainda podem ocorrer chuvas nessas regiões, mas sábado e domingo o tempo fica mais seco”, afirma.

Segundo Moisés Melo, a Defesa Civil está realizando o acompanhamento das chuvas em todo o estado. “As chuvas estão dentro da média. Ainda não há dificuldades ou situações emergenciais, mas a Defesa Civil e as guarnições de salvamento do Corpo de Bombeiros estão de sobreaviso. Estamos prontos caso aconteça alguma calamidade. E, caso os municípios não tenham condições de suportar, o Estado vai ser mobilizado para atender”.

Vinícius Pinho acredita que a tendência é de estabilização das chuvas ao longo do mês de abril. “Está bem próximo da média. Essa chuva de hoje é típica de inverno. O dia fica encoberto com chuvas contínuas. Não foram chuvas tão fortes, mas foram acumulados significativos. Acredito eu que iremos atingir a média durante abril. Nó emitimos um aviso meteorológico ontem para a região da Zona da Mata, Litoral e Baixo São Francisco, mas só aconteceram algumas pequenas ocorrências em Maceió, como quedas de árvores, porque a chuva foi acompanhada de rajadas de vento”.

FONTE: Tribuna Hoje

Conheça o projeto "SOS Sertão Alagoano" e os pontos de arrecadação
CLIQUE NA IMAGEM

• Nossos Serviços •

Postagens Relacionadas
Comente esta postagem!
As opiniões expressas na área de comentários são exclusivamente de seus autores, e não necessariamente refletem a opinião do website “RRCAC” sobre o assunto.
Instagram @rrcac1
Instagram